Buscar

Aprendendo a conversar: Dicas práticas

Uma das maiores dificuldades de tímidos e ansiosos sociais é conversar. E quando digo conversar, não me refiro apenas a conversas longas e difíceis. Frequentemente, as pessoas que sofrem de ansiedade social têm medo de conversas casuais simples, o famoso "bater papo" ou "trocar ideia". Só de imaginar abordar alguém para iniciar uma conversa ou ser abordado para conversar, estas pessoas podem ficar extremamente nervosas e preocupadas. Essa "fobia de conversar" ocorre mais frequentemente com estranhos e pessoas não familiares, mas também pode ocorrer com conhecidos, amigos e até pessoas mais íntimas. Via de regra, a pessoa sabe que seu medo é desproporcional para uma situação tão corriqueira,

Ameaça social: Reflexões

Para compreender a ansiedade social, é fundamental entender a noção de "ameaça social". Pessoas com ansiedade social elevada se sentem constantemente ameaçadas pelos outros. Mais exatamente, pela avaliação que os outros farão dela. Aqui está a diferença. Qual? A preocupação fundamental destas pessoas não está em uma ameaça física, como sofrer um acidente de carro, ser assaltado, a queda de um avião, altura, etc. Perceba que todas estas situações oferecem um risco ou um dano que pode ser considerado "físico". Por que? Simplesmente porque não envolvem a avaliação dos outros ou não colocam em risco a "imagem social" da pessoa. Pense no seguinte exemplo: temos duas pessoas. Uma com fobia social

Consultório Psicológico

(21) 3442-9910  (21) 98877-0787
  • w-facebook
  • w-blogger

Segunda-feira  09:00 - 20:00
Terça-feira        09:00 - 20:00   Quinta-feita     09:00 - 20:00