Buscar

A vida te chama! Não ignore!

Algumas reflexões são importantes neste período de final de ano e o título do artigo foi proposital. Quem acompanha meu trabalho através dos textos, vídeos ou de outras formas, sabe que praticamente todo o meu conteúdo é voltado para pessoas tímidas, ou, em uma linguagem menos comum, socialmente ansiosas. Estou longe de querer "fazer milagre" no sentido de propor uma cura para esse tipo de sofrimento. Até porque, não existe cura para isso e eu estaria te iludindo se eu dissesse que existe. Desconfie de quem afirma haver uma cura. A ansiedade social faz parte da vida do ser humano, assim como voar faz parte da vida de um pássaro. A questão importante é entender que a vida não pode deixar de s

Você SABE se preocupar com os outros?

A preocupação com o que o outro pensa está na base do sofrimento de quem tem uma timidez exagerada ou um transtorno de ansiedade social (TAS). Porém, quero destacar aqui dois sentidos do "se preocupar com os outros". Vou começar pela maneira desadaptativa de se preocupar com os outros, típica das pessoas que sofrem de ansiedade social. A pessoa com ansiedade social se preocupa com os outros no sentido de encarar o que o outro pensa dela como uma ameaça a sua imagem. Ou seja, são preocupações autocentradas, do tipo "será que ele/ela vai achar que sou bobo/boba?", "será que vão perceber que estou nervoso/nervosa?", "será que vou incomodar?" "Vão me achar estranho/estranha", e por aí vai. O fun

Consultório Psicológico

(21) 3442-9910  (21) 98877-0787
  • w-facebook
  • w-blogger

Segunda-feira  09:00 - 20:00
Terça-feira        09:00 - 20:00   Quinta-feita     09:00 - 20:00