Buscar
  • Pedro Gouvêa

Como lidar com a ansiedade ANTECIPATÓRIA?

A ansiedade, por definição, é um estado emocional voltado para o futuro. Nos sentimos ansiosos em função de alguma situação que está por vir (positiva ou negativa). É o que chamo de "situações de espera".

Porém, há um conceito de ansiedade muito presente nos transtornos de ansiedade em que a pessoa fica extremamente nervosa muito antes da situação ocorrer. É o que chamamos de ANSIEDADE ANTECIPATÓRIA. Ela se refere a famosa expressão "sofrer por antecedência" ou "sofrer por antecipação".

Na fobia social, a ansiedade antecipatória é extremamente comum. Os fóbicos sociais costumam sofrer muito antes da apresentação de trabalhos, antes de um encontro romântico, antes de ir à uma festa, antes de uma reunião, etc.

A ansiedade antecipatória pode aparecer de forma bastante grave, quando a pessoa começa a experimentar o nervosismo muito antes da situação (talvez meses antes da situação ocorrer) e de forma muito intensa. Esse tipo de ansiedade costuma ser muito prejudicial, pois afeta o sono, a concentração, a memória e o raciocínio. Em outras palavras, a pessoa pode deixar de viver completamente o momento presente e ficar "ruminando" a situação temida que está por vir.

Além disso, a pessoa pode lançar mão de alguns comportamentos evitativos, como evitar pensar na situação, buscar distrações que não lembrem a situação, evitar contato com as pessoas por não conseguir "estar presente", etc.

Bom, e como lidar com isso???

A primeira coisa a se fazer é incorporar a ideia de que a ansiedade antecipatória não irá te ajudar a resolver o problema e parar de enxergar a situação futura como um perigo que você não pode lidar. Entenda, no seu íntimo, que ficar ansioso ou ansiosa antes de uma situação desafiadora é normal, mas que você não precisa sofrer tanto com ela, pois isso não mudará o resultado concreto da situação. Absorver esse raciocínio ajuda a ver a situação de uma forma mais realista e reduzir os efeitos da ansiedade antecipatória.

Para reforçar essa estratégia, busque lembrar de outras situações em que ficou muito ansioso antes e se essa ansiedade antecipatória te ajudou ou não durante a situação, e se a situação envolvia um perigo tão assustador. O que normalmente ocorre, quando a pessoa está na situação, é a seguinte conclusão: "Nossa, era assim? Acho que não precisava ter sofrido tanto por isso".

Segundo, reserve um tempo para pensar ou se preocupar com a situação que está por vir (mas, por favor, não faça isso próximo ao horário de dormir). Neste período, planeje a situação, faça anotações, se permita ficar ansioso e vivencie as experiências que lhe ocorrem sem julgamentos. Você pode estabelecer 20, 30 ou 40 minutos do seu dia para se "dedicar" à ansiedade antecipatória. Passado esse período, volte a sua atenção para outras atividades e leve a sua rotina normalmente, sempre buscando se manter envolvido nas tarefas presentes.

Por fim, utilize algumas estratégias práticas diariamente, como técnicas de respiração, relaxamento muscular, visualização de imagens relaxantes e meditação simples. Essas técnicas ajudam a aliviar os sintomas físicos da ansiedade e a manter você no presente. Lembre-se: Quanto maior for a ansiedade antecipatória e quanto mais cedo ela aparecer diante de uma situação, mais inútil ela será. Ela não fará você se sair melhor ou pior, ela apenas irá paralisar toda a sua vida até que a situação ocorra. Deixe para "sofrer", no máximo, no dia anterior à situação!!


#ansiedade #ansiedadeantecipatoria #ansiedadesocial #fobiasocial #timidez #terapiacomportamental


24 visualizações2 comentários

Consultório Psicológico

(21) 3442-9910  (21) 98877-0787
  • w-facebook
  • w-blogger

Segunda-feira  09:00 - 20:00
Terça-feira        09:00 - 20:00   Quinta-feita     09:00 - 20:00