Buscar
  • Pedro Gouvêa

Timidez como um valor: Isso é possível?


A Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) é uma abordagem comportamental que busca construir um caminho com o cliente baseado nos seus valores mais importantes. Nesse sentido, mais do que uma terapia que visa a redução de sintomas, é uma terapia que visa a construção de uma vida que valha a pena ser vivida.

Na ACT, os valores são definidos como direções de vida escolhidas, desejadas e globais que são construídas verbalmente. Em termos práticos, os valores são expressos por meio de ações contínuas e intencionais que possuem qualidades valorizadas pela pessoa. Por exemplo, relacionar-se com os outros de maneira cordial é um valor.

Uma pessoa pode valorizar uma série de coisas, como certos estilos de vida, ideais, o tipo de amigo, pai, filho, trabalhador que deseja ser, etc. Nesse sentido específico, uma pessoa também pode ter como valor a timidez. Vamos examinar melhor essa questão.

O primeiro aspecto que quero ressaltar, é que estou utilizando aqui o termo timidez em um sentido amplo. Ou seja, estou me referindo a um estilo de comportamento que poderia ser designado como discreto, reservado, quieto, "na sua", introvertido, etc. Repare que, de forma alguma, há algum sentido negativo nestes termos, são apenas formas particulares de comportamento.

Bem, mesmo em uma cultura como a nossa que valoriza excessivamente a extroversão, uma pessoa pode apreciar e escolher intencionalmente agir de modo oposto. Agir assim pode ser importante para ela por diversas razões.

Por exemplo, ela pode entender que há um certo "charme" em ser uma pessoa calada, causando uma impressão de mistério e curiosidade nos outros. Ou ainda, valorizar o silêncio verbal em meio a tanto falatório nos ambientes sociais. Ou ainda, entender que ser extrovertido demais pode ser inconveniente e cansativo.

Então repare que, para essa pessoa, ser tímido ou reservado é importante. É uma qualidade da ação que é valorizada e escolhida intencionalmente por ela e constitui um valor pessoal. Se ela agisse de outro modo, digamos, sendo extrovertida, ela estaria "traindo" seus valores.

É importante destacar também que um valor, enquanto uma qualidade da ação contínua, pode ser exercido no aqui e agora, momento a momento. Você pode vivenciar o seu valor agindo de forma discreta e reservada quando quiser. É diferente de um objetivo, que está no futuro e ainda não foi alcançado.

Para finalizar, embora a timidez e a introversão sejam vistas de forma negativa por grande parte da nossa sociedade, a ACT propõe que o indivíduo entre em contato com seus reais valores e se engaje em ações comprometidas com tais valores, independentemente dos pensamentos, sentimentos ou reações dos outros que possam surgir. Isso é o que dará sentido a vida desse indivíduo! Portanto, se faz sentido para você ser uma pessoa quieta, reservada, etc., seja essa pessoa, assuma esse compromisso com você mesmo!!!



Gostou do texto? Compartilhe para que mais pessoas tenham acesso!!


#timidez #ansiedadesocial #fobiasocial #valores #terapiadeaceitaçaoecompromisso #terapiacomportamental #introversao

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo