A cultura da exposição social e a timidez

November 19, 2019

        

 

      Com o advento massivo da internet nas últimas décadas e, especialmente, das redes sociais, há uma certa pressão - mesmo que de forma sutil - para que as pessoas se exponham cada vez mais. Essa circunstância acaba criando uma "cultura da exposição", onde fotos, vídeos, textos e outras coisas são compartilhadas e expostas para um número cada vez maior de pessoas.

      Aqueles que não aderem a essa cultura acabam ficando, de certa forma, isolados, anônimos e, por vezes, são criticados ou rejeitados por não se encaixarem nesse padrão cultural de exposição geral.

      É preciso fazer uma observação importante que afeta diretamente indivíduos tímidos e ansiosos sociais. Hoje em dia, há uma divisão muito clara entre "exposição virtual" e "exposição real". 

       Para os tímidos que gostam de se expor, mas tem medos exagerados de fazer isso de forma "real", as redes sociais acabam sendo uma via para, pelo menos, mostrarem que existem. Uma consequência disso pode ser uma evitação ainda maior do mundo real. Ou seja, sendo mais fácil se expor na rede e obtendo ganhos parecidos, o indivíduo pode dispensar os encontros sociais reais e cair em um estado de isolamento "virtual".

   Isso pode desencadear dois problemas: uma dependência de internet e um agravamento de sintomas de ansiedade social e de depressão. Não é objetivo desse texto aprofundar estes temas.

      Por outro lado, há indivíduos tímidos que não gostam de se expor, nem de forma real nem de forma virtual. Estes acabam ficando "escondidos" e restritos aos seus próprios mundos solitários, sem muitas perspectivas de sair dessa situação. 

       É fundamental dizer que a tal da cultura da exposição social se estabeleceu muito antes do surgimento avassalador do mundo online. Quando digo "cultura da exposição social", estou me referindo a comportamentos como conversar, fazer apresentações, ser o centro das atenções, ter muitos amigos e uma série de outros comportamentos que são classificados como extrovertidos. 

        Em meio a tudo isso, o tímido - seja lá qual for o perfil de timidez que ele tenha - acaba encontrando novas dificuldades ao lidar com o que ele mais teme - ser julgado a avaliado pelos outros.

     Vejo dois caminhos interessantes para estes indivíduos lidarem de forma mais produtiva com esse ambiente que exige cada vez mais a exposição: 1. aceitar o fato de que não se sentem confortáveis com esse grau de exposição e expressar isso naturalmente e, 2. utilizar os meios virtuais a seu favor para aprender comportamentos de exposição social de forma gradual, sem os grandes riscos que uma exposição real possui (gravar vídeos para si mesmo e depois para os outros, por exemplo).

      Para finalizar, mudar uma prática cultural é muito difícil e demorado. Pode levar gerações. Não sendo possível mudar a cultura a curto e médio prazo, invista na sua mudança pessoal de comportamento. Se quisermos sobreviver de forma saudável a um ambiente hostil, temos que desenvolver mecanismos de adaptação a ele. No caso aqui, mecanismos de adaptação a exposição social, real ou virtual.    

        

        

        

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

November 28, 2019

September 10, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags