Buscar
  • Pedro Gouvêa

Como usar a timidez a seu favor?

A timidez é vista, na grande maioria das vezes, como algo negativo, inclusive pelos próprios tímidos. Isso é totalmente compreensível, uma vez que vivemos em uma cultura da extroversão. Ou seja, a sociedade tende a valorizar pessoas desinibidas, que se expressam bem, são bem articuladas e gostam de se expor de forma geral.

Um dos pontos básicos que sempre procuro destacar no meu trabalho, seja no atendimento clínico, nos vídeos, palestras e textos, é a noção de que a timidez NÃO é algo essencialmente ruim. Ou seja, quem qualifica a timidez como negativa é a sociedade e o próprio tímido. A timidez é apenas uma "forma de ser natural", digamos assim.

Essa noção quase sempre é muito difícil de aceitar para essas pessoas, pois elas querem ser diferentes, querem ser mais comunicativas, mais "destravadas", mais autoconfiantes. No final das contas, elas querem ser o que a sociedade, de forma direta ou indireta, impõe à elas: querem ser mais extrovertidas.

Bom, o que pretendo trazer aqui é uma breve reflexão sobre os aspectos funcionais da timidez e ressaltar algumas características positivas deste comportamento para que você repense a sua visão sobre a timidez e se envolva mais em comportamentos tímidos que podem lhe ser úteis.

Para isso, vou tomar como exemplo três características comuns da timidez que podem ser funcionais e devem ser valorizadas:

  1. Falar pouco

  2. Ser um bom ouvinte

  3. Transmitir uma sensação de agrado/conforto

Em um mundo tão ruidoso, onde a maioria só quer falar de si mesmo e das suas coisas, "falar pouco" pode ser um comportamento bem-vindo. Uma vez que você "fale pouco", você contribui para uma parte importante da comunicação: o silêncio. Sim, o silêncio é importante e pode transmitir uma sensação de conforto e tranquilidade, ao contrário de alguém que "não para de falar o tempo todo", por exemplo. Imagine alguém que lhe interrompa o tempo todo. O silêncio cumpre um papel comunicativo importante.

Um comportamento associado a este, é o comportamento de ser um bom ouvinte. Você já deve ter percebido que a grande maioria das pessoas têm muita dificuldade em ouvir o que os outros realmente estão dizendo. Elas geralmente fazem pausas breves em meio a um turbilhão de falas e interrompem excessivamente o outro para trazer a conversa para algum tópico que, no fim das contas, diz respeito a ela mesmas. Portanto, se você, além de falar pouco, conseguir ouvir realmente o que o outro está dizendo, estará em grande vantagem.

Por fim, a timidez pode transmitir uma sensação de agrado ou de conforto e você deve utilizar isso a seu favor. Como assim?

Veja, cada pessoa tímida pode exibir características muito diversas. A primeira coisa a se fazer, é começar a prestar atenção aos comportamentos de timidez específicos que você tem e que podem lhe dar "vantagens".

Por exemplo, você pode não aborrecer os outros por ser inconveniente. Você pode pensar antes de falar algo que vai magoar os outros. Você pode ser cauteloso ao criticar ou reclamar com alguém. Você pode passar uma impressão de simpatia por sorrir de forma "tímida" diante de uma pergunta ou comentário sobre você. Até mesmo "ficar vermelho" quando se é o centro das atenções pode gerar uma impressão positiva e ser usado a seu favor, ao contrário do que você imagina (você pode pensar "nossa, sei que fiquei vermelho, e isso mostra apenas que sou tímido. É bom ser assim", ao invés de "é terrível ficar vermelho na frente dos outros, isso mostra que sou incompetente").

Bom, espero que esse texto tenha sido útil para você, tanto no sentido de fazer você refletir sobre a sua timidez (oferecer uma outra perspectiva sobre ela), quanto no sentido de fazer você valorizar e se engajar em mais comportamentos de timidez que possam lhe trazer satisfação por ser quem você é!!


#ansiedadesocial #fobiasocial #timidez #terapiacomportamental #análisedocomportamento

75 visualizações

Consultório Psicológico

(21) 3442-9910  (21) 98877-0787
  • w-facebook
  • w-blogger

Segunda-feira  09:00 - 20:00
Terça-feira        09:00 - 20:00   Quinta-feita     09:00 - 20:00